domingo, 31 de janeiro de 2010

Mais um gringo no Atlético

O Atlético contratou o argentino Javier Toledo, atacante de 23 anos.
O jogador chega em Curitiba já na segunda-feira para exames médicos e para assinar contrato.
Javier Toledo estava atuando pelo Al Ahli, dos Emirados Árabes, e começou a carreira no Chacarita Juniors, da Argentina. O atacante também passou pelo Deportivo Cuenca, do Equador.
  • Nome completo: Javier Fabián Toledo
  • Posição: atacante
  • Altura: 1.90m
  • Data de nascimento: 24/04/1986
  • Local de nascimento: Marcos Juarez (Argentina)
  • Clubes em que jogou: Chacarita Juniors, Deportivo Cuenca e Al Ahli.
O ESPAÇO ATLÉTICO PERGUNTOU:
O JOGADOR MARCELO, DEVE JOGAR EM QUAL POSIÇÃO?

Os leitores preferem ver o jogador atuando como atacante.
62% dos votos.
  • Participe da nova enquete!

Chegou agora e já sentou na janela!


O grande atacante Romário disse em uma de suas frases poéticas: “ Chegou agora e já quer sentar na janela”...
Essa frase cai perfeitamente para o jogador Alan Bahia, que chegou há pouco tempo e já tomou conta do pedaço. Ele tem moral de sentar na janela!!! Seu futebol permite isso.
Bahia balançou as redes adversárias no Campeonato Paranaense 2010 quatro vezes, duas na goleada contra o Serrano e duas no jogo deste sábado contra o Corinthians Paranaense. Alan Bahia é um dos artilheiros do estadual, junto com Rafinha do Coritiba, Marcelo Toscano do Paraná Clube e Leandro Bocão do Toledo.
Com mais de 300 partidas com a camisa atleticana, jogador que mais vezes vestiu o manto rubro-negro em partidas do Campeonato Brasileiro, com 193 jogos, Alan Bahia já marcou 42 gols pelo Atlético.

Honra ao Estado. Por Everton Furtado

Seria inadmissível que o ATLÉTICO perdesse para o time de aluguel neste sábado, aonde mesmo estando numa fase um tanta quanto volúvel, mostra que não se curva diante de uma vergonha geral para o nosso estado. Corinthians Paranaense. Como alguém pode chegar ao ponto de se humilhar montando um time que na verdade, usa cores, símbolo e até a maldita bandeira de São Paulo. Quando olhei o time do J.Malucelli entrando com a camiseta do Corinthians hoje na arename deu um nojo tão grande, de saber que "alguns" poucos cidadãos da nossa querida Curitiba, aderiram a essa idéia. Para aonde estamos caminhando. Estamos abraçando um projeto que visa nada mais nada menos que destruir com o nosso futebol, o interior do nosso estado, já nos deixam envergonhados quando realizam pesquisas abordando a quantidade de torcedores e constatamos que não são os nossos times que dominam essas áreas. As pessoas que nunca saíram de Curitiba e do Paraná, não imaginam nem um terço do que os paulistas falam e pensam sobre nós. Ontem eu vibrei em duplicidade com os gols do nosso furacão, vibrei pelo fato dos gols nos darem a vitória e vibrei também por nosso time desmascarar essa palhaçada que nos foi imposta, Corinthians Paranaense esse time de aluguel que serve de piada contra os nossos conterrâneos. Mande lembranças de uma enorme massa rubro-negra ao novo dono do seu time Joel Malucelli, o Corinthians paulista, a filial já sentiu o gostinho do caldeirão do diabo agora que venha a matriz. Gostaria de finalizar essa coluna deixando meus parabéns ao Sr Joel Malucelli, o autor dessa proeza toda, que faz nosso futebol ser taxado de insignificante perante ao país. É devido a iniciativas como essa que acabam por destruir a nossa cultura, costumes e com o nosso futebol, e a frase de uma antiga propaganda do guaraná Antartica "SEJA O QUE FOR, SEJA ORIGINAL".

sábado, 30 de janeiro de 2010

Lopes comenta que a equipe ainda está em formação

O Atlético montou uma boa base para esse ano, mas essa base foi desfeita, perdemos o Galatto, o Wesley, o Nei, o Rafael Miranda, o Marcinho, que eram cinco jogadores titulares no ano passado. O Paulo Baier a gente perdeu por estar machucado, o Alex Sandro e o Valencia só entraram depois também. E daí tivemos que montar outro time. Então temos que trabalhar, não vai ser da noite para o dia que vou formar uma nova equipe. O Tartá chegou, o Bruno Mineiro também e estamos utilizando-os nos jogos.
Neste começo demos prioridade para a parte física para não sentirmos mais para frente, e foram chegando os reforços ao longo desse tempo. Então estou iniciando um trabalho diferente, eu tenho que mudar o time, porque ele está em formação ainda, e é só modificando a equipe que você chega a uma equipe base.

Confira os dois gols atleticanos


O Furacão venceu por 2 x 0 em grande atuação de Alan Bahia.
Saiba como foi a derrota do "falso" Corinthians para o Furacão
  • Neto: Fez a sua parte e com muita autoridade. Nota: 6,5
  • Gerônimo: Não correspondeu à expectativa dos torcedores e teve uma atuação apagada. Nos primeiros quarenta e cinco minutos, pouco produziu e ainda cometeu uma falta que resultou num cartão amarelo. NOTA: 4,5
  • Manoel: Gigante na zaga. O jogador não perdeu um lance para os atacantes adversários. NOTA: 7,0
  • Rhodolfo: Com simplicidade fez a sua parte sem complicar em nenhum lance. NOTA: 6,0
  • Márcio Azevedo: Endiabrado na lateral esquerda. Dos seus pés saíram os grande lances ofensivos do Atlético. NOTA: 7,0
  • Alex Sandro: Mostrou qualidade nas saídas de bola e boa marcação. NOTA: 6,0
  • Alan Bahia: Brilhante! Além dos dois gols marcados, fez passes sensacionais para Bruno Mineiro marcar, pena que o atacante não aproveitou. Alan tomou conta do meio de campo atleticano e foi disparado o melhor em campo. NOTA: 8,5
  • Netinho: Deu velocidade ao meio de campo atleticano. Aos poucos ele está mostrando que pode ser fundamental no esquema de Lopes. Tudo bem que a camisa 10 do Furacão já tem dono, mas Netinho está tentando provar que pode ser o substituto ideal de Paulo Baier. NOTA: 6,5
  • Valencia: Boa marcação e posicionamento. Ao lado de Manoel foi a grande muralha do time. NOTA: 6,5
  • Marcelo: Correu muito e mostrou ótima presença de área. Caiu pelas pontas, criando boas jogadas ofensivas. NOTA: 6,0
  • Bruno Mineiro: O jogador não marcou, mas foi fundamental na vitória por 2 x0. Além de ser o homem de referência no ataque, buscou a bola no meio, fazendo boas tabelas com Alan Bahia. Nota: 6,5
  • Raul: Teve 45 minutos pra mostrar seu futebol e convencer definitivamente que pode ser titular do time. Mas novamente falhou. Não criou nenhuma jogada ofensiva e errou muitos passes. NOTA: 4,5
  • Tartá: Entrou aos 34 do segundo tempo e na primeira vez que tocou na bola, driblou o adversário e lançou na medida para Bruno Mineiro perder o gol. O garoto é muito rápido e liso de bola. Na minha opinião, ele já deveria começar como titular do time na próxima partida. NOTA: 6,0
  • Serna: Mostrou que é aquele atacante de porte de área. Jogou poucos minutos, mas o suficiente pra mostrar que pode ser útil no time. Teve duas participações no jogo. A primeira recebeu a bola de Alan e tentou matar a bola e a segunda quando teve a bola nos pés, cavou o pênalti que resultou no segundo gol atleticano. Mas foram poucos minutos para conhecer o jogador, por isso não vai receber nota.
  • Técnico Antonio Lopes: Quando monta o time sem inventar, vai bem. Acertou em tirar o garoto Geronimo no intervalo e quando colocou Tartá pra jogar.
    O delegado percebeu que não está bem de lateral direito. Raul é aquela coisa de sempre, um jogador tímido e que erra muito e na estréia do Geronimo, Lopes já constatou que o jogador é muito faltoso.
    Vai ser um dor de cabeça enorme para o delegado, que já alertou a diretoria que precisa de um jogador para essa posição.
    Mais uma vitória para a carreira do delegado. NOTA: 7,0

Torcida vai ao delírio com vitória do Furacão

Na abertura da quinta rodada do Campeonato Paranaense, o Atlético recebeu e venceu o Corinthians-PR por 2 a 0 na Baixada, neste sábado. Com o resultado, o Furacão chegou aos oito pontos na competição, já o Timãozinho estacionou nos 10. Na próxima rodada, o Atlético recebe o Cianorte em casa.
O primeiro tempo foi marcado pela expulsão do jogador Bruno Batata, que ajudou muito na sequência da partida.
Antes mesmo da expulsão, logo aos 3 minutos, em bela triangulação do ataque atleticano, a bola foi tocada para Alan Bahia, que de primeira colocou a bola no ângulo no bom goleiro do Corinthians Paulista. Era o primeiro gol do Furacão!
O Furacão pressionava o time de São José e tentava com Márcio Azevedo as principais jogadas ofensivas.
Pela ponta, o jogo fluía mais e Márcio Azevedo infernizava pela lateral esquerda a zaga adversária.
O Atlético jogava com um homem a mais, e quem achava que isso seria um diferencial se enganou. O Corinthians não ficou recuado e buscou empatar a partida de qualquer maneira.
Era pela esquerda que o Furacão era mais perigoso e, três minutos, novamente bola na área, Bruno Mineiro dominou e girou chutando, mas outra vez Colombo apareceu bem e jogou para escanteio.
No segundo tempo, o Furacão teve total domínio do jogo, jogando com tranquilidade sempre procurando atacar o adversário.
Bruno Mineiro era o homem que mais se movimentava no setor ofensivo, auxiliado por Alan Bahia, que chegada de surpresa ao ataque.
A torcida teve um grande papel na partida, pois incentivou o time o jogo inteiro. Foram 90 minutos de muita fez no Caldeirão.
E quando o jogo já parecia terminado, Raul lançou Bruno Mineiro no ataque, depois de muita luta, o camisa 11 ganhou a bola e tocou para Serna. O colombiano dominou e quando driblaba Colombo foi derrubado pelo goleiro. Pênalti que Alan Bahia bateu com categoria e fez o segundo gol atleticano na Arena. Fim de jogo, Furacão 2 x 0 Timãozinho.
Uma vitória que ajuda muito o rubro-negro na luta pelo bicampeonato estadual!

Ficha Técnica: Atlético 2 x 0 Corinthians-Pr
  • Atlético:Neto; Gerônimo (Raul, Intervalo), Manoel, Rhodolfo e Márcio Azevedo; Valencia, Alex Sandro (Tartá, 34'/2ºT), Alan Bahia e Netinho; Marcelo (Serna, 24'/2ºT) e Bruno Mineiro. Técnico: Antonio Lopes
  • Corinthians-Pr: Colombo, Thiago Araújo, Leonardo (Rodrigo Crasso 12'/1ºT), Elton e Peixoto; Sabará, Ronaldo, Cícero (Marcelo Lipatín, 34'/2ºT) e Willian; Oliveira (André, 16'/2ºT) e Bruno Batata. Técnico: Lio Evaristo
  • Data: 30/01/2010
  • Local: Baixada - Curitiba (PR)
  • Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
  • Auxiliares: Adair Carlos Mondini (PR) e Rony Marcelo Slaviero (PR)
  • Público: 11.362 / Renda: R$ 125.645,00
  • Cartões amarelos: Gerônimo, Marcelo e Valencia (CAP) Élton, Sabará e Thiago Araújo (COR)
  • Cartões vermelho: Bruno Batata (COR)
  • Gol: Alan Bahia, 3'/1ºT (1-0), 45'/2ºT (2-0)

Pra cima deles Furacão!

Depois de um desastroso empate sem gols diante do Cascavel na rodada do meio de semana, o Atlético tenta sua reabilitação no Campeonato Paranaense 2010 jogando neste sábado, às 19h30 (de Brasília), na Baixada. O adversário será o Corinthians Paranaense, o time que puxa saco do estado de São Paulo!
O Delegado já sinalizou que algumas carências do time não podem ser preenchidas com jogadores do elenco e que algo deve ser feito antes que seja tarde demais. "Vamos conversar com eles como já fizemos, tínhamos projetado uma vitória. Agora temos que voltar a somar mais pontos em casa e nos aproximarmos dos que dispararam e estão mais na frente. A diretoria sabe o que é necessário. Estamos sempre abertos a boas contratações", afirmou.
A luta por posições, no entanto, continua forte. Enquanto o meia Paulo Baier, o volante Claiton e o atacante Alex Mineiro se recuperam no departamento médico, pratas da casa e reforços disputam um espaço no time. Após Tartá, que entrou no segundo tempo em Cascavel, quem aparecerá no banco serão os colombianos Jorge Serna e Samuel Vanegas, finalmente liberados para jogar.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X CORINTHIANS-PR ( vergonha do estado)
  • Local: Baixada, em Curitiba (PR)
  • Data: 30 de janeiro de 2010, sábado
  • Horário: 19h30 (de Brasília)
  • Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
  • Assistentes: Adair Carlos Mondini e Rony Marcelo Slaviero (ambos do PR)
  • ATLÉTICO: Neto; Gerônimo, Rhodolfo, Manoel e Márcio Azevedo; Valencia, Alex Sandro, Alan Bahia e Netinho; Bruno Mineiro e Marcelo Técnico: Antônio Lopes
  • CORINTHIANS-PR: Colombo; Araújo, Renan, Elton e Rodrigo Crasso; Ronaldo, Leonardo, Willian e Cícero; Bruno Batata (Oliveira) e Marcelo Lipatin Técnico: Lio Evaristo

Hoje tem Caveira ao vivo

Hoje tem o melhor programa esportivo...À partir das 13h, na rádio mais AM 1120 KHz, você não pode perder o programa mais atleticano do Brasil.
A VOZ DA CAVEIRA. aborda a realidade de todos os assuntos referentes ao FURACÃO e a TORCIDA RUBRO-NEGRA.
Um programa comandado por Julião, Suki e Maurício. Três atleticanos de coração!
Vale a pena conferir!!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Se você ama o Atlético. vista o manto sagrado!

Como é bonito rever aquelas antigas fotografias, principalmente na nossa querida "Baixada Velha", e ver aquela massa vermelha e preta. Nem bem acordávamos no domingo, já passávamos a mão naquela camisa vermelha e preta surrada, muitas vezes gasta e cheia de furos, mas tínhamos orgulho de ostentar o manto e as cores sagradas. Queríamos que todos soubessem, mesmo de longe, que lá vinha um atleticano. Atualmente parece que o torcedor tem vergonha de vestir as cores do Furacão. Muita gente parece que está indo passear no shopping ao invés de torcer para o Rubro-Negro no Caldeirão.
A Baixada é um lugar mágico, é o reduto oficial da mais fanática torcida do Brasil. Lugar de “rubro-negro”!
Amanhã, coloque sua camisa e com muito orgulho vá para o Caldeirão do Diabo apoiar o Furacão!
A BAIXADA PRECISA ESTAR PINTADA DE VERMELHO E PRETO! FAÇA A SUA PARTE!
ATLETICANO DE VERDADE USA VERMELHO E PRETO!

Paranaense já tem clube. Não precisa de franquia!

Nasceu ontem, dia 5 de fevereiro de 2009, na hora do almoço, em Curitiba, o Sport Club Corinthians Paranaense. O recém-nascido é uma parceria entre o S. C. Corinthians Paulista e o J. Malucelli Futebol S/A.
Essa união foi a maior vergonha que a cidade de Curitiba teve. Eu pergunto a estes paranaenses que valorizam os times de SP e RJ se eles sabem o que os paulistas e cariocas pensam do povo paranaense??? Nada além de um povinho que os admira e subdesenvolvido.
Não estou pedindo pra você ser um torcedor atleticano, pois isso não é necessário, pois quem entende um pouquinho sobre futebol, sabe quem é o melhor e mais estruturado time do Paraná.
ALGUMA VEZVOCÊ JÁ SE SENTIU PARTE DE UMA TORCIDA DE VERDADE?
Infelizmente você está sendo manipulado!
Por décadas a TV é a sua companheira de jogo. A antena parabólica te alienou!
Sem “ você” o futebol paranaense se fragilizara muito ainda mais! E é exatamente isso que a CBF e a REDE GLOBO querem.
Não deixe que a GLOBO escolha seu time! Torça para um time do seu estado!
Liberte-se! Não nos envergonhe!
Use a camisa que representa o seu povo. Chega de idolatrar a camisa que pertence aos outros!


Sendo assim, amanhã vamos empurrar o Furacão, para detonar o “falso” Corinthians.
CORINTHIAS PARANAENSE – A VERGONHA DO ESTADO DO PARANÁ
Temos que ser paranaenses!
O “ ESTADO DO PARANÁ É MEU PAÍS”!




Gerônimo deve ser a única novidade para pegar o Corinthians-Pr

Na manhã desta sexta-feira o técnico Antonio Lopes comandou no CT do Cajú o último treinamento visando a partida de sábado contra o Corinthians-PR, na Baixada, às 19h30.
A única mudança para essa partida é a entrada do garoto Geronimo no lugar de Chico.Com isso, o zagueiro Manoel volta à sua função de origem e ocupa a zaga central ao lado de Rhodolfo.
Lopes assim corrige o erro que fez na partida contra o Cascavel, quando escalou o zagueiro Manoel na lateral. Um erro que custou mais um empate, dificultando as chances do Atlético terminar a primeira fase em primeiro lugar.
A escalação do Atlético que deve enfrentar o Corinthians-PR pela quinta rodada do Estadual é: Neto; Gerônimo, Manoel, Rhodolfo e Márcio Azevedo; Valencia, Alan Bahia Alex Sandro e Netinho; Marcelo e Bruno Mineiro.

Já era...

O lateral-esquerda Michel foi dispensado do time do Náutico. Ele foi flagrado dirigindo alcoolizado.
Na quarta-feira, antes do clássico contra o Santa Cruz, o jogador chegou a ser retirado da concentração mas acabou sendo reintegrado a pedido da diretoria.
Na realidade o Náutico ganhou na loteria em dispensar o jogador, afinal ele joga um futebol medíocre!
Só tomara que nossa diretoria não queira que ele volte para o Atlético!

Lopes escreve carta ao torcedor atleticano


O técnico Antonio Lopes sempre teve uma relação ótima com o torcedor atleticano. Não apenas pela brilhante campanha na Libertadores de 2005, mas também pelas outras passagens de sucesso que o treinador teve no Furacão. Além disso, sempre deixou claro o carinho por tudo que envolve o Atlético Paranaense.
Devido aos resultados iniciais do campeonato estadual e alguns questionamentos sobre o que o time poderia fazer nesta temporada, Lopes tomou a iniciativa de estreitar esse relacionamento com o torcedor. Em seu site pessoal (www.antoniolopes.com.br), o técnico escreveu uma carta à torcida rubro-negra, explicando o planejamento da equipe e também o futuro do Furacão.

Evandro Roman apita Atlético x Corinthians-PR


A Federação Paranaense de Futebol confirmou a escala de arbitragem para as partidas da quinta rodada da competição estadual. O responsável pelo jogo entre Atlético Paranaense e Corinthians-PR será o experiente árbitro da FIFA Evandro Rogério Roman. Ele será auxiliado por Adair Carlos Mondini e Rony Marcelo Slaviero. A partida está marcada para este sábado, às 19h30, na Arena.

Se beber, não dirija!


O fato aconteceu na última semana, mas somente na última quarta-feira a diretoria do Náutico tomou conhecimento e veio a público sobre o caso envolvendo o lateral-esquerdo Michel, que foi pego no teste do bafômetro e teve a carteira de habilitação suspensa.
Segundo informações, o jogador teria alegado que estava jantando com a sua esposa e tomou alguns copos de Chope. Como não a mulher de Michel não dirige, ele mesmo voltou pilotando o carro e foi parado em uma blitz, tendo que fazer o teste do bafômetro, no qual foi flagrado limite de álcool no sangue acima do permitido.
Michel além de não jogar nada de futebol, mostrou que é um irresponsável!

Para quê improvisar? Por Diogo Rodrigues Manassés

Para melhorar. Não é a primeira vez que Lopes faz isso, e teve boas experiências, como com Marcinho, Nei e Alex Sandro. Ele pega um jogador que é bom em sua posição, e coloca-o em outra, para suprir a carência desta. É pura experiência (ainda bem que no começo). Arrisca para talvez petiscar.
Já se perguntaram o motivo? A posição carente, embora tenha os jogadores de ofício, estes não atingem o objetivo mínimo. Tendo Raul (fraquíssimo) e Gerônimo (mais lutador que jogador), Lopes preferiu tentar Marcelo e Manoel. Ainda não deu certo, mas é provável que ele continue tentando improvisações. Isso, meus caros, ocorre porque o elenco disponível é fraco. Tem dois LD de ofício, mas que são ruins, por isso ele tenta revelar um novo dentro do elenco. Ele sabe que não conseguirá, de imediato, uma contratação boa para a posição, sabendo disso, mexe as peças que tem para melhorar. Resumindo: o elenco é fraco, os titulares para algumas posições (LD) são ruins (ou estão em fase ruim), ele tenta outros, em boa fase, improvisados. Manoel ele descobriu que não é o jogador certo para LD, mas certamente tentará outro. Fato é que os jogadores disponíveis são limitados (e por isso prefere os “polivalentes”), o Delegado está se esforçando para montar um bom time com o que tem. Ou reforços chegam, ou será um ano sofrido. Enquanto não chegam, Lopes improvisará mais, afinal, “quem não arrisca, não petisca”
– arriscou Manoel e Marcelo, quem será o próximo

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Serna e Vanegas são registrados na CBF


O técnico Antônio Lopes ganhou dois reforços para a partida deste sábado, diante do Corinthians-PR, na Arena. Os colombianos Jorge Serna e Samuel Vanegas tiveram seus nomes publicados no BID (Boletim Informativo Diário) nesta quinta-feira e estão à disposição do treinador já para este final de semana.

Federação muda horário da partida de sábado


O horário da quinta partida do Atlético pelo Campeonato Paranaense 2010 foi mudado pela Federação Paranaense de Futebol.
O jogo, marcado para o próximo sábado, dia 30, diante do Corinthians-PR, será realizado às 19h30, não mais às 18h30. (fonte: furacao.com)

Bruno Mineiro: Só faltou o gol

"Foi um jogo difícil, o time deles é muito bom e o campo estava pesado com a chuva. Nossa equipe foi bem, só não aproveitou as chances de gol que foram criadas", disse Bruno Mineiro.
Não foi só o gol que faltou Bruno e sim faltou o Atlético entrar em campo. Aquele time que jogou ontem, mais parecia um monte de perdidos sem esquema tático.
Sabemos que o culpado não foi você, aliás você até que se movimentou bastante, mas dizer que só faltou o gol é demais!
Assista o vídeo do jogo que vai perceber o pequeno futebol que o rubro-negro apresentou!

Atlético tem pior início no estadual em 23 anos


A largada do Atlético no Campeonato Paranaense é a pior dos últimos 23 anos. Desde 1987 o Furacão não começava tão mal a disputa local.
Na atual edição do estadual, o Rubro-Negro soma apenas cinco pontos em quatro rodadas. O time da Baixada empatou com Toledo (1 a 1) e Cascavel (0 a 0), foi derrotado pelo Operário (1 a 2) e só conseguiu passar pelo Serrano (8 a 0).
Em 1987, a campanha inicial foi ainda pior. O Atlético foi derrotado por Pinheiros (1 a 2), Cascavel (0 a 2) e Londrina (1 a 2), e conquistou uma vitória sobre a Platinense (2 a 0), somando apenas três pontos nas primeiras quatro rodadas.
Naquele ano, o Furacão se recuperou e brigou pelo título, terminando em segundo lugar. O campeão foi o Pinheiros.

Expectativas/frustrações. Por Célio

Seguimos em mais uma rodada do campeonato paranaense em meio à expectativas e frustrações...Pois após o resultado do último domingo acabou-se se criando uma falsa impressão que as coisas começariam a ficar mais tranqüilas! Realmente com os retornos de Valência, Alan Bahia e a estréia de Bruno Mineiro, além do jogador Tartá e o retorno de Kaio, várias foram as expectativas criadas... Porém após a goleada empolgante sobre o time do Serrano,o time não conseguiu reeditar uma bela apresentação. Mas apesar de tudo o campeonato está apenas no início,e ainda há tempo para uma recuperação rumo ao bi-campeonato. Continuamos a viver expectativas quanto ao retorno do “mestre” Paulo Baier, bem como pela reabilitação de Alex Mineiro, situações que irão nos ajudar com certeza! Agora não pode-se deixar de citar a tranqüilidade e segurança que apresenta o goleiro Neto. O Atlético sempre com uma tradição forte em revelar bons goleiros! E os imediatos dele são igualmente competentes...João Carlos e Santos! Nessa balada seguimos apoiando o FURACÃO aonde for, como fizeram os “guerreiros” que estavam no estádio Olímpico em Cascavel,cantando os 90 minutos para apoiar o CAP! Vamos furacãooo... SRN. à todos e sábado incendiar o caldeirão rumo à arrancada no campeonato!

O Atlético jogou um péssimo futebol contra o Cascavel e acabou no empate sem gols.
Saiba como cada jogador se desempenhou.
  • Neto: Fez a sua parte e bem feita. Com boas defesas, passou total tranquilidade para o restante do time. NOTA: 6,0
  • Manoel: Um grande zagueiro, mas como lateral direito não se deu bem. Não é que ele seja ruim, mas ele não tem a mínima noção de jogar por lá.
    O jogador é um zagueiro de explosão e não um jogador de velocidade. Um desperdício total mantê-lo na lateral. NOTA: 4,0 ( Por jogar na lateral onde não sabe jogar. Mas como zagueiro é um grande jogador)
  • Rhodolfo: Não foi muito requisitado no jogo. Com simplicidade fez a sua parte. NOTA: 5,0
  • Chico: Atento e firme na marcação. Sem complicar em nenhum lance. NOTA: 5,0
  • Alex Sandro: Muito apagado na partida. Trombou no meio de campo com Valencia e com Alan Bahia: NOTA: 4,5
  • Valencia: Bateu cabeça com Alex Sandro o primeiro tempo inteiro. Na marcação não complicou. NOTA: 4,5
  • Alan Bahia: Errou inúmeros passes e com péssimo posicionamento em campo, bateu cabeça o jogo inteiro. Se no último jogo Alan Bahia foi bem, diante do Cascavel ele não foi nem de perto o jogador contra o Serrano. NOTA: 3,5
  • Netinho: Pouco fez na partida. Era o homem de criação do time, mas não fez absolutamente nada. Errou todos os cruzamentos e lançamentos. NOTA: 2,5
  • Márcio Azevedo: Esforçado como sempre, mas sem nenhuma jogada que chamou atenção. NOTA: 4,5
  • Marcelo: Deu pena ver o jogador na partida de ontem. Marcelo é um jogador muito esforçado e com um faro de gol apurado, mas infelizmente com o esquema tático que Lopes montou, o jogador pouco apareceu. NOTA: 4,5
  • Bruno Mineiro: Se movimentou bem, mas a bola pouco chegou no ataque. Culpa do meio de campo que bateu cabeça o jogo inteiro. Bruno ainda tentou buscar a bola no meio, mas esteve muito bem marcado. NOTA: 4,5
  • Tartá: Mostrou que é um velocista e de boa técnica. NOTA: 5,0
  • Wallyson: Entrou faltando 28 minutos e não fez absolutamente nada. NOTA: 2,5
  • Bruno Furlan: Esse sim entrou mostrando que quer ficar no time. Em poucos minutos deu uma nova movimentação no ataque atleticano. NOTA: 5,0
  • Técnico Antônio Lopes: Errou em colocar Manoel na lateral direita. Não dá pra entender o motivo dele manter dois laterais de ofício, no banco de reservas.
    Será que ele não lembra que Raul e Gerônimo jogam na lateral direita?
    Lopes inventou e não teve humildade de arrumar a besteira que fez. O feijão com arroz é o mais simples! Era só ter colocado o garoto Raul na lateral direita e tirado um volante.
    Lopes precisa ser mais simples na escalação do time. Muita invenção pode custar até o cargo do treinador! Sei que é cedo eu falar isso, mas se continuar assim isso em breve acontecerá! NOTA: 2,0

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Cascavel 0 x 0 Atlético - Lopes o " teimoso"

O Atlético não esteve bem os 45 minutos iniciais. O time esteve completamente perdido, sem a mínima organização.
A bola não parava no meio de campo, eram lançamentos ao ataque normalmente errados.
O time da casa teve sete escanteios a seu favor contra quatro do Atlético e ainda teve muito mais posse de bola.
A única chance real de gol, foi do atacante Bruno Mineiro que recebeu o cruzamento de Márcio Azevedo mas sem equilíbrio, chutou para boa defesa do goleiro da Serpente.
No segundo tempo, o time jogou o mesmo futebol ridículo do primeiro tempo. Mesmo com as entradas de Furlan, Tartá e Wallyson, o Atlético foi previsível.
Foi um jogo sofrível de assistir e o principal culpado disso chama-se: Antonio Lopes, que errou ao escalar Manoel na ala direita.
A última vez que a equipe venceu fora de casa foi pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, em São Paulo, quando ganhou do Corinthians por 3 a 1.Depois disso, empatou com o Internacional e Barueri e perdeu para o Coritiba, Avaí e Fluminense. Pelo Campeonato Paranaense, o Atlético empatou com o Toledo na primeira rodada e agora, na quarta exibição, também ficou na igualdade com o Cascavel.
Uma vergonha para um time do tamanho do Atlético!

FICHA TÉCNICA: CASCAVEL 0 x 0 ATLÉTICO
  • Cascavel:Veloso; Rafael, Ciro, Rodrigo (Tininho, 43'/1ºT) e Gilson; Fábio Rosa, Irineu, Kim e Uéverson; Mineiro (Rincón, 30'/2ºT) e Bruno (Wagner, 16'/2ºT).
    Técnico: Elói Kruger
  • Atlético:Neto; Manoel, Rhodolfo, Chico e Márcio Azevedo; Valencia, Alan Bahia, Alex Sandro (Tartá, 18'/2ºT) e Netinho (Bruno Furlan, 33'/2ºT); Marcelo (Wallyson, 18'/2ºT) e Bruno Mineiro. Técnico: Antonio Lopes
  • Data: 27/01/2010
  • Local: Estádio Olímpico Regional - Cascavel (PR)
  • Árbitro: Antônio Denival de Morais (PR)Auxiliares: Pedro Martinelli Christino (PR) e Ericsander Agostini Duarte (PR)
  • Cartões amarelos: Ciro (CAS) Chico, Netinho e Rhodolfo (CAP)

Se conhecendo e reconhecendo. Por Mickel Baptista

Desde o ano passado o CAP já tá atolado num monte de problemas. As primeiras rodadas apontaram que o elenco ainda está de férias e que precisa levar seus compromissos com mais seriedade. Pois tudo o que me leva a crer é que a Administração de futebol conduz as coisas de uma forma, e o time de outra.Temos como obrigação levar o Paranaense, e como o supermando é um benefício importantíssimo - sem contar com os pontos extras - uma recuperação da equipe atleticana tem que ser imediata - a partida do fim de semana apontou isso, mas não mascara os problemas. Ajustes são aceitáveis, mas... Apresentações tais como a diante do Operário são ridículas... E me parece que o time colocou isso "guela abaixo" no jogo contra o Serrano e entendeu que jogar contra sua torcida não é, nem nunca foi vantagem.O Bruno MIneiro jogou o que deveria, e Netinho mostrou que pode corresponder - sem decepcionar! Os demais, fizeram o esperado, sem surpresas! :)Colombianos e Tartá ainda aguardam para estrear. To com esperanças, ainda.Não perder mais - pelo menos da forma que ocorreu. Essa é a meta.Até semana que vem.Sempre Furacão!

Cascavel x Atlético


O Furacão encara hoje às 21h45 o Cascavel no estádio Olímpico Regional. O time está embalado depois da super goleada que aplicou no Serrano, no último sábado na Baixada.
Lopes mudou o esquema para o 4-4-2, tentando deixar a equipe mais compacta, mas ao mesmo tempo mais ofensiva.
A principal novidade é o retorno de Alex Sandro a equipe titular. O jogador, que ainda não atuou na competição devido a uma lesão, entra para rechear ainda mais o meio-campo que já conta com Alan Bahia, Valência e Netinho.Feliz com a confiança depositada sobre ele, o polivalente atleticano espera debutar no Estadual em grande estilo. "Estou feliz em voltar a jogar e espero fazer um bom jogo. Acho que ninguém é titular absoluto na equipe, mas fico feliz em ter a confiança do treinador".Outra mudança promovida pelo Delegado é a escalação do jovem Marcelo no ataque do Furacão. O jovem de 18 anos vai formar a dupla de frente rubro-negra com Bruno Mineiro. Assim, Wallyson, titular até então, fica como opção no banco de reservas.
Esse pode ser o jogo da retomada do time em buscar o segundo título seguido da competição.

Confira como os times vão entrar em campo
  • Serpente: Veloso; Rafael, Ciro, Rodrigo e Gilson; Gilberto, Kim, Uéverson e Mineiro; Irineu e Bruno. Técnico: Elói Kruger
  • Furacão: Neto, Manoel, Rhodolfo e Chico; Alex Sandro, Valencia, Alan Bahia, Netinho e Márcio Azevedo; Marcelo e Bruno Mineiro
    Técnico: Antônio Lopes
  • Data: 27/01/2010
  • Local: Estádio Olímpico Regional - Cascavel (PR) - 21h45
  • Árbitro: Antônio Denival de Morais (PR)
  • Auxiliares: Pedro Martinelli Christino (PR) e Ericsander Agostini Duarte (PR)

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Wallyson vai para o banco de reservas


O garoto Wallyson, que não vinha mostrando um bom futebol, vai sentar no banco de reservas na partida de amanhã contra o Cascavel.
Lopes mostrou que tem grande visão de futebol e principalmente mostrou que não existe titular absoluto no time.
Para o lugar de Wallyson, o treinador optou por colocar Marcelo no ataque. Assim o Furacão vai com um 4-4-2 , com a dupla de ataque formada por Marcelo e Bruno Mineiro.
Esse será um bom puxão de orelha em Wallyson, que não esta mostrando um bom futebol há muito tempo.

Lopes muda o esquema de jogo do Atlético

Na escalação, o Atlético que enfrentará o Cascavel nesta quarta-feira é quase igual ao que goleou o Serrano por 8 a 0. Porém, o posicionamento da equipe irá mudar com a saída do atacante Wallyson e a entrada do volante Alex Sandro, recuperado de contusão. No treino desta terça, o técnico Antônio Lopes alterou a estrutura da equipe. O 3-5-2 virou um 4-4-2 que pode propiciar ao time três jogadores na armação.
O técnico cobrou variação e movimentação no time, que tem a intenção de ser mais ofensivo. - Marcelo e Bruno têm se apresentado bem no ataque. Eles entenderam que tem que marcar muito na frente. Se continuarem assim, não tem o que mexer. Com a mudança, teremos um meio excepcional - disse Lopes.

Tartá está liberado

O meio-campista Tartá já pode estrear pelo Furacão e fica à disposição do treinador Antônio Lopes para o jogo contra o Cascavel, nesta quarta-feira. O nome do jogador foi registrado no Boletim Informativo Diário, o BID, divulgado pela CBF nesta terça-feira. O meia veio do Fluminense e está emprestado ao Atlético Paranaense até o final da temporada.

Os craques estão voltando. Por Cadu Cury


A realidade do futebol Brasileiro mudou muito. Antes os jogadores de nome jogavam no futebol inglês, alemão, italiano, francês, espanhol entre outras potencias do mundo.
Com a aproximação da Copa do Mundo da África, muitos deles resolveram voltar para o Brasil e ficar mais perto de Dunga.
Como pode um jogador trocar a bela vida do exterior, para querer disputar campeonatos Paulista, Carioca... É um retrocesso gigantesco na carreira de quem já teve o mundo aos seus pés.
Mas se formos analisar com inteligência, esses jogadores estão agindo corretamente. Muitos dos que voltaram, não passavam por uma boa fase, como exemplo o craque Robinho, que na Inglaterra tinha altos e baixos.
Aqui no Brasil, está cada vez mais fácil jogar futebol. O nível dos campeonatos estaduais e do brasileirão caiu assustadoramente nos últimos anos.
Como exemplo, basta ver o que Ronaldo, com todo o seu peso fez em 2009. Simplesmente ele brincou de jogar futebol.
Então, basta ver esse exemplo e entender o motivo dos craques estarem voltando. Aqui eles vão jogar muito futebol e mostrar para Dunga que podem ir para a Copa do Mundo.
E a principal pergunta fica no ar. Como os clubes trazem jogadores de alto nível técnico se eles não tem dinheiro?
Simples, por trás de tudo existem “ parcerias”. Por exemplo, o salário do Adriano, metade é pago pelo patrocinador, sobrando apenas 50% para o Flamengo. No Corinthians é a mesma coisa, tanto Ronaldo como Roberto Carlos, os patrocinadores pagam metade dos salários.
E assim vai ser com Robinho no Santos. Isso chama-se “ VISÃO DE FUTEBOL”! Chama-se grande jogada de marketing!
Nossa diretoria deveria mudar um pouco o discurso do “ bom e barato” e pensar grande.
De que adianta ter um time fraco e sem patrocínio? Nossa diretoria está correndo atrás de alguma empresa para patrocinar o Atlético e pelo visto não está nada fácil.
Será que isso acontece em times como Flamengo, Corinthians, Santos? Claro que não! Com certeza esses times estão escolhendo o melhor patrocínio!
Acorda diretoria rubro-negra. O Atlético tem tudo a seu favor para ser um time de ponta. Temos um estádio maravilhoso, um ct de outro mundo, uma torcida apaixonada... Só está faltando um pouco mais de arrojo dos diretores!
O Atlético é muito grande e podemos crescer ainda mais. Chega de pensarmos como pequenos!
Nossa torcida não aguenta mais tanta inoperância da nossa diretoria!

O pior zagueiro do Rio

No último domingo, o Botafogo tomou uma humilhante goleada por 6x0 do Vasco. Um verdadeiro chocolate pelo Campeonato Carioca.
Vocês sabem quem era o titular da zaga do Botafogo?
Acertou quem pensou em Antonio Carlos!
Simplesmente ele falhou em 3 dos gols do Vasco e foi escolhido pelo Rádio Globo o “ pior jogador em campo”.
Criticas como lento, sem técnica e sem a mínima condição de jogar no Fogo, foram algumas que foram ditas.
Foi divertido assistir a zaga do Botafogo perdida em campo. Graças a Deus ele não joga mais no Atlético!
Agora só falta o Fluminense contratar o Rhodolfo... rsrsrs


Alex Sandro pode ser novidade contra o Cascavel

Completamente recuperado de uma contusão muscular, o jogador Alex Sandro já está treinou entre os titulares e pode ser a grande novidade para .enfrentar o Cascavel.
- Venho trabalhando forte para ser titular. Neste jogo contra o Serrano pude mostrar que posso fazer as duas funções. E isso só vai me ajudar em campo”, disse Marcelo, em entrevista ao site oficial do clube

Estou entrosado, comenta Bruno Mineiro

Comecei jogando e daí consegui entrar no ritmo de jogo. Quando você entra no intervalo, complica um pouco mais. Dessa vez o professor me deixou o tempo todo e aos poucos você vai conhecendo os jogadores e pegando entrosamento", analisou.
Tudo indica que o jogador se tornará a grande esperança de gols. Sua média já é de 1 gol por partida e ele quer manter isso.

A transformação. Por Edimar

É incrível como o eleco atleticano se motivou tão rapidamente. Parace que o ano começou no sábado!
O time sofreu um enorme transformação de quarta-feira para sábado. Esse time de sábado é o verdadeiro FURACAO DA BAIXADA que eu conheço.
Ta certo que o Paranaense, muitos dizem, que só é um laboratório mas eu acho que não é bem assim,serve como aperfeiçoamento para campeonatos que virão.
Todos nos rubro- negros, queremos ver o nosso time, quanto mais alto melhor. Nosso time é para sempre estar na ponta dos campeonatos e não ficar lutando para não cair.
Estou com esperanças que nesse ano seja tudo nosso. Começando pelo Paranaense, Campeonato Brasileiro,Copa do Brasil e tudo mais.
Mas pessoal que jogo sábado em? Porque não é sempre assim? Só alegria,8 x 0 .
Sei que os jogadores vão pensar e tentar fazer o possível para isto acontecer, não precisa ser de oito pode ser menos, mas ganhar,acho que a torcida merece.
Aproveitando a coluna, quero pedir licença ao CADU, para agradecer à ele em especial e à todos que me ajudaram na Campanha da compra do motor para minha cadeira. Só posso dizer DEUS VOS PAGUE e meu muito obrigado de coração, vocês são demais!!!!
Obrigado Senhor Sergio, não o conheço ,mas quero lhe dar aquele abraço de agradecimento bem como a bela TORCIDA RUBRO NEGRA E FANÁTICOS.
Vamos aguardar os próximos jogos, novos jogadores e muitos gols.
DALE , DALE FURACÃO ,abraços para todos!

Malucelli considera Petraglia “indispensável” ao Atlético

Mário Celso Petraglia ainda é uma pessoa indispensável ao Atlético. Na parte institucional, não temos outra pessoa.” A frase é do atual presidente do Furacão, Marcos Malucelli. Em entrevista para a rádio CBN, em 2 de dezembro de 2008, o então candidato falava sobre seus planos para o futuro mandato.
Na entrevista, Malucelli ressalta que Petraglia teria participação fundamental no clube. “Ele será utilíssimo na parte institucional. No relacionamento com o Clube dos 13, que não é coisa para quem começou hoje. Nem eu mesmo posso dizer que tenho condições e acho que nenhum candidato tem. (…) Precisamos de uma pessoa com a visão de Petraglia, que é privilegiadíssima”, afirma.
Malucelli também destaca a boa situação financeira em que o clube se encontrava há pouco mais de um ano. “Até o programa da chapa adversária diz que o Atlético está financeiramente saudável. Não temos dívidas vencidas”, ressalta.
O atual presidente rubro-negro também fala sobre a possibilidade de criar uma Fundação e reforça as promessas de brigar por títulos em todas as competições.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Claiton completa 32 anos nesta segunda

O volante Claiton comemora nesta segunda-feira 32 anos de idade. O jogador que voltou ao Clube na metade do ano passado ainda está em tratamento. Claiton rompeu o Tendão de Aquiles e teve que passar por uma cirurgia antes mesmo de re-estrear. Nesta temporada, o volante rubro-negro intensifica os trabalhos na fisioterapia para voltar aos gramados o mais rápido possível.
Parabéns "gladiador"! Volte logo para mostrar sua garra!
O Espaço Atlético perguntou:
A contusão de Baier foi um alerta para contratar outro meia?
Com 85% dos votos, a torcida atleticana não está acreditando no atual elenco rubro-negro. Mais especificamente no meio de campo.
A torcida quer um novo meia, com experiência e técnica.
Mas será que o futebol que Netinho mostrou nas duas últimas partidas, não mudou um pouco a forma da torcida pensar?
Dê a sua opinião!
Netinho é o cara ou não?

  • A nova enquete já está no ar. Participe!

Alívio e alma lavada. Por Elaine

Estávamos precisando de uma goleada para lavar a alma e pra levantar a auto-estima dos jogadores. Enfim sentimos a emoção de gols novamente! Porém, não podemos nos iludir com essa grande vitória. Não devemos ter a certeza de que agora o time vai engrenar.
As deficiências do time ainda existem, as coisas não se resolvem assim de um jogo pro outro. Nós vimos que temos jogadores com qualidade, e essas qualidades ainda necessitam ser muito bem trabalhadas. O degrau de qualidade e dificuldade que separa o Campeonato Paranaense do Campeonato Brasileiro é enorme, e temos que nos concentrar nisso para não chegarmos ao início do Brasileiro como nos últimos anos.
O que me deixa mais empolgada é que temos os colombianos Vanegas e Serna para estrearem ainda, e com isso quem sabe nosso time ganhe mais qualidade e comece a “encorpar” e entrosar, não é? Eu senti prazer em ver Netinho dar as cambalhotas dele novamente, afinal, ele está com uma responsabilidade enorme nas costas! Substituir Paulo Baier não é tarefa fácil e nem leve. Que esse clima de coisa boa permaneça por muito tempo.
Boa semana à nós! SRN!

Atlético quer, mas não vai ser fácil trazer Gabriel

O jovem lateral esquerdo Gabriel Silva, de 18 anos, esta sendo assediado por muitos clubes do Brasil e o Furacão é um deles.
Em dezembro, quando exerceu a prioridade para comprar parte dos direitos econômicos do zagueiro Danilo junto aos paranaenses, o Palmeiras gastou um milhão de euros e se comprometeu a emprestar um jogador de seu elenco. Agora, o bom desempenho do jovem lateral chamou atenção do Atlético.
"Existe interesse do Atlético no Gabriel, por empréstimo, mas isso não foi definido pelo Palmeiras. Nossa intenção, segundo o Muricy, é subir o Gabriel e outros atletas e trabalhá-los no profissional", garante o gerente de futebol, ao confirmar que algum atleta será emprestado aos paranaenses.
Na realidade, é muito difícil essa contratação ser concretizada. Se fosse outro treinador até poderíamos ter esperança, mas como Muricy é o treinador do Palmeiras, fica praticamente impossível a contratação.
Muricy é um treinador que enxerga o futebol, conhece o elenco que possui e sabe que o garoto será muito útil no futuro “ breve”.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Assista o massacre do Furacão sobre o Serrano

Assista os 8 gols do Furacão no massacre sobre o Serrano, ontem na Baixada. O Atlético igualou a maior goleada da história da Arena da Baixada neste sábado. A vitória por 8 a 0 sobre o Serrano repetiu o placar da vitória sobre o Iguaçu, de União da Vitória, no Campeonato Paranaense de 2007

Lançamos um novo link. Venda de camisas

O Blog Espaço Atlético, lança mais uma novidade para a nação atleticana. À partir de hoje, estamos lançando um espaço totalmente dedicado para quem quer vender ou trocar sua camisa do Atlético.Se você tem uma camisa antiga do Atlético, ou uma autografada, ou retrô e quer vender, aqui é o lugar certo.

Bruno Furlan entrou e deixou sua marca

O atacante Bruno Furlan em seu primeiro jogo como profissional, deixou sua marca nas redes. Aliás em um belo chute do meio da rua! Mostrando personalidade e grande visão de jogo.
Furlan tem apenas 17 anos e está a disposição de Lopes para os próximos jogos.
"Espero ter mais oportunidade e ter chances na equipe", declarou Bruno, que marcou dois gols na última Copa São Paulo - o Atlético foi eliminado já na primeira fase, mas o atacante chamou a atenção de Antonio Lopes e imediatamente promovido ao time de cima.
"Nos treinamentos, ele sempre manda chutar bastante no gol, para não ter medo de errar. Eu pude fazer esse gol bonito", contou.

In Petraglia we trust. Por Everton Furtado

Já dizia Maquiavel em seu livro intitulado O Príncipe "...chegamos assim à questão de saber se é melhor ser amado do que temido. A resposta é que seria desejável ser ao mesmo tempo amado e temido, mas que, como tal combinação é difícil, é muito mais seguro ser temido, se for preciso optar...".
Malucelli com toda a sua generosidade, educação e cavalheirismo, reconquistou o enorme espaço que havia entre o Clube Atlético Parananaense e seus fiéis súditos, os torcedores. Aumentou salários de jogadores, atou laços com pessoas que há muito tempo haviam se rompido; até o Pelé elogiou a sua nova posse na presidência do furacão. Que maravilha não é? Isso tudo não é lindo? O nosso gentleman almoça com nada mais nada menos que Milton Neves, exatamante, aquele que todo atleticano nunca vai se esquecer pelas críticas que fez. Chega a ser tanta nobreza que as vezes me pergunto: como um clube assim joga no Brasil? É jus o seu apelido de Milan brasileiro, pois a educação do nosso time é de 1° classe. Nosso time é tão generoso que ajuda os mais fracos cedendo-lhes alguns pontos. Para mim não existe outra explicação plausível. Devemos agradecer ao nosso líder por tudo que nos fez e continua fazendo? Talvez. Se alguns dos detalhes que acabei de descrever realmente fizerem importância para alguém. Agora, se o real interesse do torcedor, é poder voltar pra casa num domingo, feliz com um enorme sorriso estampado na cara, nada disso do que ele fez nos interessa. Queremos ver o caneco no fim dos campeonatos, queremos ouvir novamente os adversários assumirem que tremem na Baixada e que ali é impossível ganhar. Morando aqui no RS há 4 anos, e a cada ano que passa escutando gremistas e colorados dizerem que não têm mais medo do atlético é horrrível. Eu preferiria levar um tapa na cara do que ouvir esse tipo de comentário.
Petraglia com toda a sua arrogância, excêntricidade e coragem ergueu o Clube Atlético Parananaense em um patamar tão alto e visível, que pode comprovar ao país o real motivo de um clube ser chamado de furacão. Petraglia nunca deu aumento para ninguém. Expulsou jornalistas do nosso centro de treinamento; construiu o estádio mais moderno da américa latina, trouxe patrocinadores de grande visibilidade, títulos de grande expressão. Administrava o clube inteiro com mão de ferro e nunca se curvou para a mídia, pessoas influentes etc... E tudo porque ele não enxergava o nosso clube como um qualquer, ele o via como gigante que é. Colocou nossa casa para sediar o evento mais importante do mundo, e todos nós vimos que ele não fez nada disso bajulando alguém; não precisou se humilhar para alcançar algo. Malucelli mostra que se mata para fazer o que pode. Petraglia comprovava que fazia o que era preciso.
Contradizendo a tudo, neste sábado nosso time venceu a equipe Serrano de Prudentópolis no Campeonato Paranaense. Mas não foi uma mera vitória. Foi uma goleada: 8 x 0. A partida foi estimulante, como há tempos não víamos. Destacaram-se durante o jogo o meia Netinho, que a muito não apresentava um excelente futebol.O lateral Márcio Azevedo, que finalmente conquistou seu merecido gol - após tantas divididas, carrinhos e pancadas. Não posso deixar de falar nos jovens talentos que superaram as minhas espectativas - e acredito que a de todos: Bruno Furlan e Marcelo. Não menos importante, quero mostrar minha alegria agradecendo as "pratas da casa", Valência e Alan Bahia. Meus sinceros parabéns a vocês que fizeram a diferença.
Mas agora resta-nos saber se esse time que vimos golear o adversário será o mesmo time que se apresentará durante todas as outras partidas do Campeonato Paranaense. Esperamos que sim.
E quanto a atual gestão, espero me arrepender de tudo o que escrevi nesta coluna. Colocando as duas gestões na balança qual seria o resultado, o temido Petraglia ou o seguro Malucelli? Repensem isso durante a semana, mas acredito que todos vocês já sabem a resposta!!!!!!!!

sábado, 23 de janeiro de 2010


Confira o desempenho de cada jogador atleticano,
no massacre por 8 x 0 sobre o Serrano.
  • Neto: Não foi exigido em nenhum lance. Foi um espectador na Baixada. NOTA: 6,0
  • Manoel: Firme e ligado os 90 minutos da partida. Mesmo não tendo muito trabalho, mostrou que é o melhor jogador da zaga atleticana. NOTA: 6,0
  • Rhodolfo: Quando pega um time com um ataque nulo, se sai bem e hoje não foi diferente. NOTA: 6,0
  • Chico: Com facilidade, fez seu trabalho sem muito ser incomodado pelos adversários. NOTA: 6,0
  • Marcelo: Esse é o mais novo titular absoluto do técnico Antônio Lopes. Com um futebol moderno e objetivo, tomou conta da posição de ala e quando foi colocado um pouco mais avançado no segundo tempo, mostrou muita qualidade e força física.
    Para premiar sua participação, o jogador em linda arrancada do meio de campo, ganhou de dois adversários na corrida e na saída do goleiro, chutou com perfeição nas redes do Serrano. NOTA: 7,0
  • Valencia: Voltou com a mesma garra de sempre. Ao lado de Alan Bahia tomou conta do setor de contensão do time. NOTA: 6,5
  • Alan Bahia: Uma noite premiada para esse atleta. Com dois gols, voltou a ser o velho Alan Bahia de sempre. NOTA: 7,0
  • Netinho: Aos pouco vai mostrando seu verdadeiro futebol. Jogando no meio, esta se soltando no time.
    Hoje ele se movimentou bem, procurando jogo a todo momento. O jogador fez dois belos cruzamentos na cabeça de Alan Bahia, abrindo o caminho da goleada do rubro-negro. Pra premiar a noite, fez seu gol e bela cobrança de pênalti. NOTA: 7,0
  • Márcio Azevedo: Passeou pela lateral. Com grandes arrancadas, foi um dos responsáveis pelo ótimo resultado na Baixada. Seu gol foi a prova disso. NOTA: 7,0
  • Wallyson: Em um jogo que ele poderia brilhar devido a fragilidade do adversário, o jogador não mostrou um bom futebol. Apagado na partida, foi sacado no intervalo. NOTA: 4,5
  • Bruno Mineiro: O novo camisa 11 do Atlético, se movimentou bastante ganhando de vez a posição de titular do Furacão. Com dois gols marcados, começou sua trajetória de bolas nas redes! Vamos torcer para que esteja nascendo um novo artilheiro! NOTA: 7,0
  • Gerônimo: Entrou com muita expectativa mas não mostrou todo o seu futebol.
    Participou bem da partida, mas faltou ele se soltar.
    Como foi o jogo de estréia, não se pode cobrar muito do garoto, pois estava nítido que ele estava nervoso. NOTA: 5,0
  • Bruno Furlan: Garoto de futuro. Entrou com personalidade e em belo chute deixou sua marca de artilheiro. NOTA: 6,5
  • Raul: Entrou no finalzinho e não teve tempo de mostrar seu futebol.
  • Técnico Antônio Lopes: O delegado montou a equipe bem mais ofensiva. Seu mérito foi colocar Bruno Mineiro como titular, sacando da equipe o atacante Patrick.
    Ficou claro que o jogador Marcelo, jogando na sua posição de origem rende muito mais e a prova disso foi ele ter marcado um maravilhoso gol no segundo tempo, quando atuou mais solto no “ ataque”.
    Agora só falta mais uma alteração nesse time. A saída de Wallyson para a entrada de Marcelo “ no ataque”. A dupla ideal no momento é: Marcelo e Bruno Mineiro. NOTA: 7,0

Torcida volta a sorrir e Furacão massacra o Serrano por 8 x0


Quem foi na Baixada, viu um verdadeiro massacre do time atleticano no Serrano. O placar de 8 x 0 foi a prova disso.
Ao contrário da última partida em que o Atlético perdeu em casa para o Operário, hoje o rubro-negro se soltou na partida, mostrando muita técnica e um time bem mais ofensivo.
Tudo bem que o adversário não mostrou nenhuma qualidade, aliás mostrou uma fragilidade muito grande, mas fica o lado bom do jogo, que foram os oitos gols e a alegria que voltou a fazer parte da torcida atleticana.
Com gols de Alan Bahia (2), Márcio Azevedo, Bruno Mineiro (2), Netinho, Marcelo e Bruno Furlan o Furacão abriu vantagem de quatro gols no primeiro tempo para sacramentar a vitória no segundo.Na próxima rodada, o Furacão tenta manter o embalo contra o Cascavel, fora de casa.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO 8 X 0 SERRANO
  • ATLÉTICO: Neto, Manoel, Rhodolfo e Chico; Marcelo (Bruno Furlan, 24'/2ºT), Valencia (Raul, 40'/2ºT), Alan Bahia, Netinho e Márcio Azevedo; Wallyson (Gerônimo, intervalo) e Bruno Mineiro Técnico: Antonio Lopes
  • SERRANO: Val, Hugo, Jonathan (Alcimar,intervalo), Índio e Anderson (Tiaguinho 10'/2ºT); Bruno, Joel, Massai e Rocha; Robinho (Tiago Bocão, 32'/2ºT) e Renaldo Técnico: Carlos Nunes
  • Data: 23/01/2010
  • Local: Baixada - Curitiba (PR)
  • Árbitro: Leomir de França Cuque (PR)
  • Auxiliares: Luiz Henrique de S. Santos (PR) Renesto e Márcio Lopes Guerra (PR)
  • Público: 8.020 pagantes/R$ 92.695,00
  • Cartões amarelos: Renaldo, Robinho, Bruno (SER)
  • Cartões vermelho: Rocha (SER)
  • Gols: Alan Bahia 5'/1ºT (1-0), Alan Bahia 24'/1ºT (2-0), Márcio Azevedo 21'/1ºT (3-0), Bruno Mineiro 38'/2ºT (4-0), Netinho 9'/2ºT (5-0), Marcelo 20'/2ºT (6-0), Bruno Mineiro 26'/2ºT (7-0), Bruno Furlan 37'/2ºT (8-0)

Entrevista Coletiva: Pres. Marcos Malucelli 23/02/2010

Um ano de gestão.Essa é uma continuação da prestação de contas do ano passado. Relembrando, em 2009 nós começamos com uma inovação no relacionamento com a própria imprensa. Isso desagradou alguns membros do conselho deliberativo e fizemos outras ações importantes. Trouxemos membros como o dr. Edilson Thiele e isso desagradou mais especificamente o conselheiro Mário Celso Petraglia. Conseguimos ser campeões, equilibrar as finanças e hoje posso dizer que hoje é um CAP diferente daquele clube antes de 2009. Fomos beneficiados por vendas como o Cristian e o Michel Bastos. E por isso nosso balanço será melhor do que de 2008. Fechamos no superávit. E 2010 começa e estamos em recuperação. Fizemos investimentos em jogadores internacionais e aos poucos eles vão desempenhar. Temos que dar tempo aos jogadores.
Ocimar Bolicenho
Ainda em 2009 fiquei acumulando a direção de futebol até que contratamos um profissional da área, o Ocimar Bolicenho. Ele entende da área e tem nos ajudado muito mas temos ouvido muitas críticas porque ele já foi presidente do Paraná. Já renovamos a prestação de serviço dele e vamos ficar no mínimo até o final de 2010. Ouve uma denúncia que ele era funcionário fantasma. Mas quero informar que desde 1994 ele é funcionário e cumpre o expediente no Tribunal de Contas do Paraná. E também cumpre no CAP. Ele não trabalha por hora, ele trabalha pela meta de deixar o Atlético grande.
Marketing
Aqui estava provisoriamente o Nelson Fanaya que nos ajudou bastante. De início sem remuneração e depois de junho com remuneração. Até que necessitamos de um profissional que pudesse estar mais presente no Clube e em dezembro trouxemos o Paulo César Verardi que tem experiência na Umbro, no Grêmio e veio com uma grande bagagem para ajudar o Clube.
Jogadores
Em 2009, 13 jogadores da equipe de base que subiram para o profissional. Em 2010, mais cinco subiram. Temos hoje no total 20 jogadores da base em um plantel de 32 jogadores. Isso é investimento em chuteira. É formar jogadores para aproveitá-los para jogar e quem sabe no futuro render caixa para o Clube. Acabamos com aquela entrada e saída de jogadores. Em 2009, trouxemos apenas 12 jogadores. Quatro no primeiro semestre e o resto no segundo semestre. Esses investimentos foram da ordem de R$ 450 mil e foram as contratações do Alex Mineiro, do Paulo Biaer e do Claiton. E esses três jogadores pertencem ao CAP, ou seja, se eles forem negociados o Clube ganha. Até agora em 2010 trouxemos apenas 5 jogadores. Em 2010, os investimentos foram de R$ 600 mil reais pelo Bruno Mineiro mais US$ 150 mil nos jogadores estrangeiros. Como comparação em 2007 só com a contratação de seis jogadores, nós gastamos R$ 2,2 milhões. E os jogadores trazidos não deram resultado.
Parcerias em jogadores
Acabamos com todas as parcerias. Acabamos com a parceria com o CAPA e o PSTC porque nós mesmos estamos investindo nos nossos jogadores. A coisa era bem simples. Era uma parceria que fizemos em 2006 e transferimos nossos jogadores da categoria infantil para o CAPA e esse contrato ia até 2008. Aos poucos íamos trazendo os destaques de lá e o Alex Sandro foi um destes exemplos. Era um jogador nosso que foi pro CAPA e retornou. Nessa ida e volta, o Atlético ficou com 30% a menos, que ficaram então com o CAPA. Esses jogadores do CAPA somam 37 atletas e 14 tem parcela do PSTC. Em alguns casos, o CAP tem 60%, o CAPA 20% e o PSTC 20%.
Saída do zagueiro Ronaldo
O Ronaldo não deu retorno financeiro ao Atlético. O contrato dele vencia em 1º de maio de 2010 e tentamos a renovação com um padrão de salário. O Ronaldo não aceitou, pediu muito mais do que era a nossa proposta para jogadores que estavam subindo do juniores. Em janeiro acertamos que o liberamos antecipadamente e ficamos com 20% dos direitos econômicos.
Negociação de Alex Sandro
O Enio (Fornea) foi procurado pelo filho do Mário Celso Petraglia por telefone dizendo que o pai dele teria uma proposta de um grupo pelo Alex Sandro e que seria muito boa. Quando a diretoria analisou essa proposta eu falei que tínhamos recebido uma proposta de 2 milhões de euros por 100% do jogador, proposta esta feita pelo Gustavo Arribas. A outra proposta era do Mário Celso que era de 2,5 milhões de euros por 100%. Eu liguei ao Gustavo Arribas e ele me disse que conseguiria subir a proposta até 2,7 milhões de euros. No fim das contas a proposta era a mesma, do mesmo clube e fechamos após três dias em 2 milhões de euros por 70% do Alex Sandro. O Enio fechou com Mário Celso mas daí ele disse que era preciso pagar mais 200 mil euros para os intermediários. 130 mil euros para o Carlinhos Sabiá e mais 70 mil euros para a Master Talents.Nesse episódio, se fala dos procuradores. As procurações foram outorgadas ao Alexandre Rocha Loures quando ele era funcionário do Atlético. Eu entendo que quando ele saiu do atlético ele deveria ter deixado as procurações e não poderia fazer uso. As procurações não foram outorgadas a ele e sim ao funcionário do CAP que era agente FIFA. O Pablo (Miranda) e o Rui (Paciornik) que também eram funcionários do Clube também se vêem envolvidos nisso tudo. O Rui foi membro do departamento jurídico eu lamento que ele esteja nisso tudo. Ela é uma pessoa de boa índole e lamento que ele tenha se agrupado nessa empresa.
Cadeiras da Arena
Não tem contrato de fidelidade com a Kangoo. O que acontece é que quando fomos comprar o preço dele era bom. O problema é que tem um único tipo de cadeira que poderíamos usar e é exclusividade da empresa dele. A forma é diferente das outras que vimos pra comprar. Então, nós nos vimos obrigados a comprar a cadeira da Kangoo.
Contratos do período anterior a 2009
Nosso departamento jurídico que faziam os contratos do Clube. Eu assessorava em reuniões mas o Mario Celso nunca me convidou para apreciar contratos. Nenhum desses contratos que disse tem o meu visto. Eu não dava expediente no Clube.
Timemania
Nós cedemos o espaço na Arena para a empresa Kangoo e eles nos pagavam R$ 750 mil por ano em 12 vezes de R$ 62,5 mil. Essa empresa instalou as placas da Timemania. Em junho fomos ver para renovar o contrato e como o Enio tem vários negócios que envolvem a Caixa Econômica, ele foi ver se eles tinham interesse em renovar conosco. A nossa surpresa foi quando a Caixa Econômica informou que eles nos pagavam R$ 120 mil por mês! Daí ficamos sabendo que a Kangoo tinha um outro contrato com a Caixa Econômica. Desses R$ 120 mil, 20% eram para a empresa de publicidade indicada pela Caixa. No fim, R$ 62,5 chegavam ao Clube R$ 32 mil era o ganho mensal da Kangoo. Ainda pagávamos ao ex-diretor de marketing Mauro Holzmann uma comissão de 12% sobre os R$ 62,5 mil, o que deixava o Clube com um valor líquido de R$ 55 mil reais mensais pela Timemania. Agora renovamos o contrato. Não renovamos por R$ 120 mil porque a Caixa achou este valor muito caro. Renovamos por R$ 100 mil. Deste total, 20% ainda são da empresa de publicidade como forma de comissão. Hoje não temos intermediário e de R$ 55 mil passamos a receber R$ 80 por mês.
Arena Atletiba
É mais uma falácia. Isso são coisas que se criam e que se repetem e se tornam uma verdade. A Arena Atletiba seria ideal antes de nós construirmos o nosso estádio. Agora não é viável. Eu desconsidero essa proposta.
Parceria com Olimpi Rustavi
A Parceria não deve ser renovada porque tínhamos a expectativa de entrar no mercado do leste europeu. Porém, não está trazendo o resultado esperado. Não é que o clube (Olimpi Rustavi) é pequeno, o futebol na Geórgia é pequeno. É um futebol que pode se tornar uma Ucrânia daqui a algum tempo. Mas já avisei a eles que se não houver uma transação não vamos renovar a parceria.
Copa do Mundo
Enio Fornéa: O projeto da Arena encontra-se em fase final de conclusão e já foi submetido a todos os órgãos competentes. Mas ele implica em uma série de liberações. Temos tido o apoio da prefeitura de Curitiba na unificação das áreas e a parte burocrática está indo muito bem. Dentro das 12 subsedes nós estamos mais adiantados. Mas o CAP não quer ficar com esse ônus sozinho. O projeto da Copa é da cidade e o Cube assumiu o compromisso de honrar uma parcela desse custo. Hoje não podemos afirmar em que dia exato iniciam as obras. O tempo de execução será de 1 ano e meio.O que preocupa o Atlético é o envolvimento das autoridades públicas. Ela deveria ser mais agressiva, arrojada. Hoje não sabemos como vai ser. O Clube tem feito a sua parte.
Mário Celso Petraglia
Ele é um homem polêmico. É uma pessoa que não consegue viver sem o poder. Deve ser difícil para o ego dele aceitar que não tem ninguém para mandar e desmandar. Isso é um problema de cabeça que quem tem que cuidar é o psicanalista dele. O Mário tem o direito de espernear.
Patrocínios
Foi iniciado o contato com a AmBev mas não eu não tinha ficado satisfeito com os números. Liberamos para eles colocarem a marca na camisa na Copa do São Paulo. Mas surgiu uma outra
proposta que está prestes a fechar que é da Coca-Cola. Possivelmente é com ela que fecharemos.
Time
Vamos investir no time. Agora temos a condição financeira para fazer isso. Vamos primeiro ajustar o time que temos mas vamos atrás de qualidade. Vamos trazer mais do que os cinco que trouxemos até agora. Vamos fazer um Campeonato Brasileiro como há tempos não fazemos.

Hoje tem Caveira no rádio

Hoje tem o melhor programa esportivo...À partir das 13h, na rádio mais AM 1120 KHz, você não pode perder o programa mais atleticano do Brasil.
A VOZ DA CAVEIRA. aborda a realidade de todos os assuntos referentes ao FURACÃO e a TORCIDA RUBRO-NEGRA.Um programa comandado por Julião, Suki e Maurício. Três atleticanos de coração!Vale a pena conferir!!!

Atlético x Serrano. O jogo da virada!

A derrota para o Operário na última quarta-feira, não vai ser nenhum empecilho para a torcida comparecer hoje na Baixada.
O que passou não volta mais, sendo assim a torcida esta me mobilizando para fazer uma grande festa no estádio.
A expectativa de público é no mínimo de 10 mil pessoas, para provar que não precisa o time estar em alta para estádio ter um bom público.
Sempre fomos uma torcida guerreira e mais uma vez precisamos mostrar nossa força.
Para a partida de hoje, o Furacão vai a campo com três novidades no time. O volante Valencia fará sua primeira partida nesta temporada e entra na vaga de Renan. Bruno Mineiro, recém-contratado, ganhou a disputa com Patrick e também entra jogando. Além das duas mudanças, a grande novidade é a entrada de Marcelo no lugar de Raul. Uma mudança radical no Furacão!
FICHA TÉCNICA:

  • ATLÉTICO: Neto; Manoel, Rhodolfo e Chico; Marcelo, Valencia, Alan Bahia, Netinho e Márcio Azevedo; Wallyson e Bruno Mineiro. Técnico: Antônio Lopes
  • SERRANO: Val, Hugo, Jonathan, Índio e Anderson; Bruno, Thiago Bocão, Joel e Massai; Robinho e Renaldo. Técnico: Carlos Nunes
  • Data: 23/01/2010
  • Local: Baixada - Curitiba - 20h30
  • Árbitro: Leomir de França Cuque (PR)
  • Auxiliares: Luiz Henrique de S. Santos (PR) Renesto e Márcio Lopes Guerra (PR)

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

SEJA NOSSO SEGUIDOR


Faça parte da Família Espaço Atlético, clicando ao lado para ser nosso seguidor.
Em breve iniciaremos sorteios com quem tiver cadastrado.
Com a sua ajuda, vamos crescer ainda mais!

Santos começa sua vida no profissional

O goleiro Santos foi integrado ao elenco principal do Atlético Paranaense. Aos 19 anos, o arqueiro será o quarto goleiro da equipe. O jogador ganhou destaque na campanha que culminou com o vice-campeonato da Taça São Paulo de Futebol Júnior, sendo um dos principais jogadores da equipe.
O Atlético vez mais uma vez valer a seguinte frase: O Furacão tem tradição em revelar goleiros. Goleiro bom fazemos em casa!

Parabéns Marcelo


O atacante Marcelo completa nesta sexta-feira 18 anos de idade. O jogador mais novo do elenco atleticano tem motivos de sobra para comemorar a data. Além de alcançar a maioridade, o jovem talento rubro-negro teve a confirmação de Antônio Lopes que será titular na partida deste sábado, contra o Serrano. "Esse é o presente que o professor me deu", revelou o jogador.
Contente com a oportunidade, Marcelo atuará na vaga de Raul, na ala direita. Mesmo não sendo a sua posição de origem, o jogador acredita que poderá dar conta do recado. "Eu já venho trabalhando nesta posição desde o final da temporada passada. E como estou adaptado com isso acredito que não terei problema algum", avaliou.
É uma pena que o treinador Antonio Lopes invente essa nova posição para o garoto. Sua posição é atacante de ofício.
Vamos aguardar para ver o que acontece, mas desde já critico essa mudança do treinador Lopes.