quarta-feira, 16 de março de 2011

Gringo marca dois e Furacão se classicica na Copa do Brasil

O Furacão bateu o Paulista por 2 a 0 no Estádio Dr. Jayme Cintra, em Jundiaí, pela partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado conquistado na noite desta quarta-feira, a equipe rubro-negra eliminou o jogo de volta e avançou na competição.
O time da Baixada, não apresentou um grande futebol, mas com dois gols do argentino Nieto em lances de bola parada, chegou ao resultado mínimo para tirar a equipe do interior paulista do torneio. O Paulista, por sua vez, chegou a pressionar durante parte do jogo, mas a falta de criatividade prejudicou os comandados de Wagner Lopes.
O Paulista começou o jogo com maior posse de bola e investindo em jogadas rápidas para chegar à área adversária. Trocando passes, o Atlético estudava mais a partida antes de partir para cima do adversário.
A partir dos 15min, o duelo mudou de cara e o Furacão começou a se impor. Na primeira grande oportunidade de gol, Paulo Baier cobrou escanteio da direita, Manoel cabeceou, mas Felipe Alves caiu no canto esquerdo para fazer grande defesa. Na sequência, em novo tiro de canto, o meia colocou a bola na cabeça de Nieto. O centroavante argentino não pegou na bola em cheio mas, de ombro, acertou o contrapé do goleiro adversário e abriu o placar.
Outra grande oportunidade surgiu faltando dez minutos para o fim da primeira etapa. Nieto bateu forte da entrada da área e Felipe Alves fez outra boa intervenção na partida. Na volta do intervalo, Wagner Lopes mudou o ataque do Paulista, trocando Vanderlei por Tutinha.
Já com a bola rolando no segundo tempo, o time de Jundiaí seguiu com mais volume de jogo, mas sem criar oportunidades claras de gol. Os melhorem momentos da partida eram protagonizados pelos jogadores rubro-negros.
Aos 17min, o Atlético definiu o jogo em mais um lance de bola parada. Paulo Baier cruzou novamente na cabeça de Nieto, que, desta vez, cabeceou em cheio, no canto esquerdo do goleiro Felipe Alves.
Ainda houve tempo para uma bola na trave, após cobrança de escanteio fechada de Paulo Baier. Com a vantagem, o Atlético segurou o resultado e eliminou o jogo de volta da Copa do Brasil.

Nenhum comentário: