sábado, 5 de junho de 2010

Time cria mas perde em Salvador

O Furacão fez um bom jogo na derrota de hoje contra o Vitória por 1 x 0, mas jogar bem e não vencer, não adianta absolutamente nada. O time criou várias chances de marcar, mas faltou sorte e em algumas jogadas calma para empurrar a bola para o fundo das redes.
Bruno Mineiro foi o que mais perdeu gols, o que frustrou o jogador que é acostumado a marcar.
Tivemos o domínio do jogo. Baier comandava o meio de campo e na defesa tudo estava tranqüilo. Mas bastou um descuido para tudo estragar. O atacante Schwenck, aos 35 minutos do segundo tempo, subiu sozinho no miolo da saga atleticana e de cabeça marcou o gol da vitória do time da casa.
O resultado deixou o Rubro-negro com apenas sete pontos, uma a menos que o Leão baiano, que chegou a oito com a vitória. O Atlético agora para devido a Copa do Mundo e dá folga de dez dias para todos os jogadores. O próximo jogo oficial da equipe será no dia 14 de julho, uma quarta-feira, contra o Cruzeiro às 19h30, na Arena.

5 comentários:

Anônimo disse...

Vou comentar com a mesma emoção daqueles torcedores que não dormem, não comem, não brincam, não tem “tesão” pra mais nada, depois de perder uma partida de futebol! O Fluminense ganhou do Avaí fora; O Goiás ganhou do Flamengo no maracanã; e o Atlético perdeu do Vitória da BA num tal de barradão. Um buraco encravado no meio de favelas na Bahia, chamado de campo de futebol. Somos motivo de chacota para todas as rádios e tv’s que destacam esportes. O Atlético empata em casa com um Guarani que sofreu “n” anos na terceirona do paulista. Suamos para ganhar de um Atlético Goianiense com aquele bando marginais que se julgam torcedores, babando ovo do Geninho, que ganhou um Brasileiro em 2001 com um time formado por Mário Sérgio e Carpegiane. Será que ninguém avisou para o Carpegiane que o Valência entregou um Atletiba ao aceitar jogar pela ala direita? O Carpegiane nunca viu o Branquinho jogar? O Tartá não joga na do Branquinho e ninguém avisou? Vamos passar 40 dias na Zona de Rebaixamento da Série A, tendo que escutar chacotas do Paraná Clube, líder com méritos e vergonha na cara da Série B e também dos Coxas Brancas que, também com vergonha na cara, ganharam e curtem a Zona de classificação para Série A. É humilhante escutar todo fim de jogo que o Furacão jogou bem, mandou bem, finalizou bem, marcou bem, defendeu bem, desarmou bem, chutou bem, cabeceou bem e PERDEU A PORRA DA PARTIDA! Estamos sendo enganados pelos canalhas da Diretoria. Agora, os jogadores do Furacão (bonito né??), saem de férias e vão gastar seus R$30.000,00, R$50.000,00 e até R$150.000,00 de salários que ganham para fazer o que se viu hoje e nos últimos 05 anos, NADA. Sou torcedor e com a emoção quero desejar que o ATLÉTICO PARANAENSE caia para a segunda e terceira divisões do Brasileiro. Desta forma, começaremos do zero com pessoas honestas e sinceras. O Furacão está conseguindo me fazer odiar o futebol! Obrigado Atlético Paranaense por todas as coisas negativas que você me proporcionou neste sábado. Joly Junior.

CADU disse...

Grande Joly, sempre com seus comentários corretos e polemicos!
Obrigado pela participação no Blog, estou revoltado com tudo também!
Abração e fica com Deus
CADU

Diogo disse...

Palavras revoltadas as suas, Joly. Infelizmente, concordo com quase tudo. Também creio q se caísse ia dar valor à série A. Contudo, não cheguei ao ponto de querer que isso aconteça.

É fato q o time melhorou muito. Mas muito MESMO. O time foi sim raçudo (com exceções, q sempre existirão). Contudo, o problema hoje foi lá na frente. Bruno está decepcionando, Alex infelizmente não dá mais. Quando eu soube que Maikon Leite não jogaria, logo pensei "se ganharmos vai ser de 1x0, gol de falta do Baier". Nem isso.

Com isso quero dizer que o time jogou bem, progrediu muito. O melhor de tudo é que não foi retranqueiro, inclusive dominou a partida nalguns bons momentos. Infelizmente, a bola não entrou. Chegava lá na frente, mas não tínhamos atacante suficientemente competente para finalizar. Mesmo Alex admitiu q faltou finalizar. Antes, o problema era q a bola não chegava. Veio o Branquinho e Baier voltou à forma. Resultado: a bola chega. Agora precisamos de matador.

É comum procurarmos culpados. Cada um até tem sua participação. A começar pela dupla de ataque. Mesmo Carpegiani, que errou ao tirar, mesmo que ingenuamente, Branquinho (para colocar o tiriça do Tartá). Wagner também é culpado, com ele o time teria jogado muito melhor. Contudo, não encontro culpado maior que nosso presidente (e seu gerente futebolístico, OB). Se tivesse contratado bons jogadores, se admitisse q a base é carente, podíamos estar em situação melhor. PRECISAMOS de bons atacantes. É o setor mais carente agora. Seu time pode até ter um lateral fraco, mas sem atacante ganhar jogos fica muito difícil. Resumindo: o culpado acaba sendo MM, por não contratar.

Blog Espaço Atlético disse...

Diogo, muito bom seu comentário também!
Concordo com tudo também!
abraço

Guilherme disse...

Dos males o menor. Não tem argumento contra a derrota. Mas a verdade é que o time evoluiu, jogamos muito bem dentro das circunstâncias (e acho que o Carpa não errou com o Valencia, dentro das circunstâncias - vide 2º tempo do Lisa). Aliás, há tempos eu não via o meio de campo do Atlético jogar. Já os gols que o BM perdeu - poxa, a rede parecia estar furada, era impossível perdê-los!
Na boa, com mais 2 ou 3 reforços de verdade (não me venham com o Brasão, por favor), a gente se recupera.
SRN